Logo IFRJ

Licenciatura em Química do Campus Nilópolis completa 15 anos

O curso de Licenciatura em Química do Campus Nilópolis completou 15 anos e a comemoração aconteceu no dia 10 de outubro.

Na programação foram realizadas a exposição de materiais didáticos do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) e conversas sobre a Licenciatura em Química no IFRJ com professores, alunos e egressos.

Na mesa de abertura estavam os professores: Ismárcia Silva, Andrea Almeida, Denise Leal, Victor Magalhães, Vanessa Nogueira e Leila Mello, também estavam presentes o ex aluno, Alex Gomes e o coordenador do curso de Licenciatura em Química, Jorge Messeder. No auditório estavam presentes discentes e docentes do campus, e alguns egressos.

Messeder afirmou que o curso tem qualidade reconhecida e que é muita responsabilidade estar como coordenador. “Responder para que essa qualidade continue é uma tarefa de muita honradez”, disse. De acordo com ele, o resultado desses 15 anos são a junção do esforço de muitos profissionais. “Representa uma consolidação do ensino de química em nosso campus”, finalizou.

Fabiana Almeida, diretora de Ensino de Graduação e Pós-Graduação, destaca o potencial do curso na formação de novos docentes. “Isso comprova o fortalecimento do ensino superior do IFRJ, especialmente no Campus Nilópolis. Estamos há uma década e meia gerando excelentes profissionais e trazendo professores da área de química para o mercado com êxito e isso me dá muito orgulho”, disse.

A professora Denise Leal conta que esses anos são a representação de uma grande conquista para a Baixada Fluminense. “O curso se consolidou e nossos alunos já são referência nos cursos de pós-graduação que os recebem. Isso demonstra a qualidade do trabalho dos docentes que atuam no curso e a boa formação recebida pelos alunos”, disse.

Victor Hugo Magalhães é egresso e atual docente do Campus Nilópolis, ele afirma que fazer parte dessa história é ser educação como resistência social. “Entrei como aluno em 2005 e fiquei apaixonado pela instituição. Eu tinha o objetivo de me formar professor de química e durante o curso percebi que queria ser professor da instituição onde estudava. A minha intenção era devolver para os alunos toda a atenção e educação de qualidade que recebi no IFRJ”, falou.

dois visitantes de costas em primeiro plano, de frente para uma bancada com professoras que explicam a tabela periódica

Vanessa Nogueira também é egressa e atual docente do campus, ela conta que a formação que teve no IFRJ foi a maior responsável por suas conquistas profissionais. “Os 15 anos do curso são a representação da formação cientifica, cultural e humanística na área de ensino da química. Atualmente eu trabalho com alguns dos meus ex professores, me sinto realizada por isso. A minha relação com os alunos é cultivada a cada dia e através das minhas ações, tento servir de fonte de inspiração”, disse.

Caio Vitor Ferreira é aluno do 4º período de Licenciatura em Química e conta que é muito importante ver um Instituo na Baixada Fluminense, uma área que é tão carente. “Apesar de ser novo, eu sei que foram anos de muitas dificuldades e isso torna mais importante ainda, ver os professores que foram alunos daqui. É estimulante para mim enquanto aluno, tenho esperança de me formar e ter um bom futuro”, disse.

Colaboração: Camila Fonseca

ASSUNTOS

SERVIÇOS

REDES SOCIAIS

NAVEGAÇÃO