Logo IFRJ

Orçamento da Rede Federal em pauta na 98ª reunião do Conif

O orçamento da Rede Federal também foi pauta debatida durante a 98ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), nos dias 14/08 e 15/08. A preocupação com os repasse de verbas e com os Restos a Pagar (RAP) foram os principais tópicos de discussão.

Charles Okama, reitor do Instituto Federal do Sudeste de Minas (IFSudesteMG), apresentou aos conselheiros a situação orçamentária da Rede. “Quando dizemos que não temos orçamento para continuar, precisamos ter como mostrar isso. Estamos com cerca de 90% do valor total empenhado e 63% liquidado. São mais de R$ 500 milhões de diferença entre os dois valores”, explicou.


Charles Okama, reitor do Instituto Federal do Sudeste de Minas (IFSudesteMG)

Foi destacado, ainda, que os Restos a Pagar (RAP) somam mais de R$ 550 milhões e que é necessário que os institutos analisem suas realidades para verificar quais desses RAPs podem ser cancelados.

O reitor do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), Rafael Almada, destacou que durante sua gestão tem feito o trabalho de reduzir os RAPs. “Já diminuímos bastante desde o início da gestão, mas é um trabalho que precisa ser feito junto aos campi para que eles verifiquem os seus”, destacou. Almada sugeriu, ainda, que fosse realizada uma capacitação com os gestores sobre o assunto para auxiliar na resolução da questão.

Como conclusão, o Conselho deliberou que o acompanhamento da questão será realizado pelo Fórum de Planejamento e Administração (Forplan) e voltarão ao assunto na próxima reunião. O Forplan é composto pelos pró-reitores de Planejamento e Administração da Rede.

ASSUNTOS

SERVIÇOS

REDES SOCIAIS

NAVEGAÇÃO